• Início
  • Notícias
  • O impacto da pandemia por COVID-19 na prestação de cuidados cirúrgicos em Portugal

O impacto da pandemia por COVID-19 na prestação de cuidados cirúrgicos em Portugal

A sociedade civil e, em particular, os serviços de saúde, encontram-se atualmente a viver uma situação sem precedentes devido à pandemia pelo novo coronavírus SARS-CoV2. A pressão para dar resposta no tratamento dos doentes com COVID-19 é aliada à necessidade de continuar a garantir a prestação de cuidados pelas outras patologias previamente existentes. Em particular, os serviços cirúrgicos mantêm a sua atividade assistencial no que toca ao tratamento de patologia cirúrgica emergente ou urgente. Torna-se fundamental investigar qual o impacto da pandemia na organização dos serviços de Cirurgia Geral a nível nacional; na prestação de cuidados aos doentes com patologia do foro da Cirurgia Geral, durante o período de internamento e / ou peri-operatório; disponibilidade e utilização de equipamento especializado de proteção e definição de estratégias de adoção de medidas de segurança no que toca ao controlo do contágio dos doentes internados e profissionais de saúde.

Assim, desenvolvemos um questionário destinado a todos os Cirurgiões Gerais e Internos da Formação Específica de Cirurgia Geral, de forma a poder perceber qual o panorama geral real com base nos dados e opiniões recolhidos diretamente dos médicos cirurgiões que se encontram a trabalhar no terreno.

O questionário é totalmente anónimo e demora apenas 10 minutos a ser preenchido. Muito obrigado pela sua participação!

Clique aqui para entrar no questionário

Grupo Colaborativo – Diana Parente; Inês Campos Gil; Nuno Rama; Edgar Amorim; Pedro Leão; Alexandre Duarte; Manuel Limbert; João Pimentel.

Marcadores: ,